Marmita vegana #1: Arroz Cremoso de Abóbora e Falafel de Grãos Diversos

cam00283.jpg

Atualmente não sou vegana, mas tento reduzir cada dia mais o consumo de alimentos de origem animal. Além de saborosa, acho a alimentação vegana bonita, leve, colorida. A cor desse arroz de abóbora me encantou, e achei uma pena não ter guardado um pouco da cebola roxa caramelizada para finalização, pois também estava com um roxo bem vivo, e o contraste seria lindo!

Depois de um ano almoçando fora, comecei a me sentir muito mal disposta com a comida dos restaurantes comerciais. Além disso a marmita é mais econômica.

Nessa opção, tenho cereais, leguminosas formando uma proteína completa. Para completar, levo uma saladinha de folhas verdes num potinho a parte.

Arroz Cremoso de Abóbora e Cebola Caramelizada

  • 1/2 cebola roxa picada
  • 1 xícara (chá)de arroz integral
  • 1/4 de abóbora japonesa em cubos
  • 3 1/2 cebolas roxas cortadas em rodelas
  • 2 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • azeite suficiente para refogar e finalizar

Aqueça o azeite em uma panela e refogue 1/2 cebola roxa picada até que fique macia e transparente. Adicione o arroz integral e refogue até que os grãos estejam selados. Adicione água fervente( cerca de meio litro, mas conforme a água for secando, adicionamos mais até que o arroz esteja cozido) e sal a gosto.

Em outra panela, cozinhe a abóbora em água e sal. Quando estiver macia, amasse com um garfo até que vire um purê.

Aqueça mais azeite em uma frigideira e adicione as cebolas roxas cortadas em rodelas. Adicione o vinagre balsâmico, tempere com sal e continue refogando em fogo bem baixo até que a cebola esteja bem murcha e todo o vinagre tenha evaporado.

Quando o arroz estiver cozido, tampe a panela e abafe por 5 minutos com o fogo desligado. Depois, misture o purê de abóbora, as cebolas caramelizadas, acerte o sal e finalize com azeite. Rende 4 porções.

 

Falafel de Grãos Diversos

  • 500g de grãos diversos (utilizei vários restinhos de grão que estavam na minha despensa: feijão branco, feijão carioca, feijão vermelho e grão de bico)
  • 1/2 xícara (chá) de salsinha picada
  • 1/2 xícara (chá) de coentro picado
  • 1 dente de alho picado
  • 1 cebola grande picada
  • 1/2 colher (chá) de pimenta síria
  • 1/2 colher (chá) de canela em pó
  • 1/2 colher (chá) de cominho em pó
  • 1/2 colher (chá) de páprica doce
  • 1/2 colher (chá) de sementes de coentro moídas
  • 1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo (opcional. Depende da consistência da massa. Como utilizei feijão branco, deu uma liga muito boa e não precisei da farinha, mas quando faço só com grão de bico, a massa fica bem granulada e acho necessário adicionar a farinha
  • sal a gosto
  • óleo suficiente para fritura de imersão

Deixe os grãos de molho em água por 24h, trocando a água na metade do tempo. Escorra os grãos, e triture-os no processador de alimentos adicione aos poucos, e vá transferindo a mistura para uma tigela grande.

Adicione as ervas, alho, cebola, especiarias, sal, bicarbonato e farinha de trigo, se necessário e misture.

Aqueça o óleo em uma frigideira funda. Molde bolinhos achatados e frite até que fiquem dourados. Escorra em papel absorvente. Rende cerca de 20 unidades.

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s